19 outubro 2011

# - 435


Salvaterra de Magos, 16 de Outubro de 2011

14 outubro 2011

11 outubro 2011

16 setembro 2011

15 agosto 2011

14 agosto 2011

28 julho 2011

26 julho 2011

# 417 - Tenho Tanto Sentimento


Tenho Tanto SentimentoTenho tanto sentimento 
Que é frequente persuadir-me 
De que sou sentimental, 
Mas reconheço, ao medir-me, 
Que tudo isso é pensamento, 
Que não senti afinal. 

Temos, todos que vivemos, 
Uma vida que é vivida 
E outra vida que é pensada, 
E a única vida que temos 
É essa que é dividida 
Entre a verdadeira e a errada. 

Qual porém é a verdadeira 
E qual errada, ninguém 
Nos saberá explicar; 
E vivemos de maneira 
Que a vida que a gente tem 
É a que tem que pensar. 

Fernando Pessoa, in "Cancioneiro"

16 julho 2011

09 junho 2011

07 junho 2011

28 maio 2011

# 412 A Nossa Varanda


Na varanda, das nossas almas
Embalamos a chama no peito; 
São ferventes, de águas calmas
Nas noites de amor perfeito.

Na varanda, das nossas causas
Embriagante bebida de almas;
Melodiamos amor sem pausas
Canto e êxtase nossas palmas.

Estrela, o teu espelhar de amar
Uma rosa de chuva que treme...
Celeste, o meu corpo por voar
Um ramo de vento que geme...

Na nossa varanda, de olhares estendidos ao longe...
Na nossa varanda, de palavras voadoras em ponte...
De todos os nossos anseios!

Na nossa varanda, os beijos florescem em sussuros...
Na nossa varanda, os desejos saltam sem muros...
Em todos os nossos devaneios!

http://www.luso-poemas.net/

26 março 2011

16 janeiro 2011

# 395

Setúbal, 16 de Janeiro de 2011

02 janeiro 2011